As palavras que fala Não As Oiço

As palavras que falas
não as oiço.
Loucas, sem verdades,
perdidas num mundo só teu,
nesse triste mundo que é só teu.
E ainda que não te oiça,
o meu corpo descansa ao teu lado,
matando a solidão das tuas palavras,
e com um sorriso, despropositado,
abraço o teu espírito e não te sentes só.

Mas as palavras que falas
são cegas, e não as oiço,
e quando saíres deixarás de existir,
e não quererei saber quem foste

( Flávio Pinheiro )

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: